Mercado Pet Food: Tendências e Oportunidades

dezembro 13, 2022

Tempo de leitura5 minutos

É visível que, nos últimos anos, houve um grande crescimento do mercado pet. Esta alta não foi puxada apenas pelo número de lares que possuem animais de estimação (segundo dados do Worldpanel Kantar, 56,6% das famílias brasileiras, sendo 47,7% com cães e 20,1%, com gatos), mas também pela mudança do perfil desse consumidor. 

Dentro do segmento, ocorreu um aumento na demanda por pet food – área que abrange toda a parte de produção de alimentos para animais, de forma industrial ou não.

Ingredientes alimentares para animais de estimação

Os animais domésticos têm necessidades específicas para um desenvolvimento saudável. Isso porque em cada fase da vida são necessárias diferentes quantidades de nutrientes, como proteínas, gorduras, carboidratos e vitaminas. 

Desta forma, as rações são desenvolvidas com ingredientes específicos que atendem às exigências do público e às necessidades nutricionais dos animais. 

Além disso, cuidados especiais devem ser tomados com os ingredientes utilizados neste tipo de formulação, para que os nutrientes sejam biodisponíveis – ou seja, para que possam ser absorvidos de forma eficaz pelo organismo animal. 

Tutores mais exigentes

Nesse sentido, nota-se que os tutores estão mais exigentes em relação à saúde e ao bem-estar e buscam por uma alimentação mais adequada para os seus animais de estimação, o que amplia as oportunidades para além da ração de formulação tradicional.

Diante disso, e seguindo os movimentos da alimentação humana, alguns termos para os alimentos pets, como “fresco”, “saudável”, “holístico”, “gourmet” e “saboroso” vêm ganhando espaço nas prateleiras de pet shops. Hoje, as principais tendências para o mercado pet food são: 

1) premiunização; 

2) estilo de vida saudável; 

3) rótulos “limpos e naturais”; 

4) sustentabilidade; 

5) melhoria das conexões emocionais. 

Confira abaixo um pouco mais sobre essas tendências

PREMIUNIZAÇÃO

A tendência de premiunização abre caminho para criações “artesanais”, em pequenos lotes, com produtos originários para humanos e menus elaborados – a tal alimentação “gourmet”. Os complementos da ração, chamados de meal toppers, seguem essa tendência, trazendo inovações de refeições gourmet aos pets

Outros atributos explorados são novas texturas e formatos, como alimentos congelados, desidratados, frescos, liofilizados-congelados ou líquidos (caldos), assim como itens individualizados e personalizados.

ESTILO DE VIDA SAUDÁVEL

O bem-estar dos pets ainda é uma das principais preocupações de seus tutores. 

Por isso, busca-se cada vez mais cuidados preventivos por meio da nutrição, seja para melhorar o processo de digestão, o controle do peso, o sistema imunológico, ou para cuidar da pelagem dos animais ao incluir suplementos específicos, como prebióticos e probióticos. 

As rações de desempenho com alto teor proteico e gorduras saudáveis também são populares para aumentar a performance dos pets.

RÓTULOS LIMPOS E NATURAIS

Nas soluções para rótulos “limpos e naturais”, destacam-se o interesse por ingredientes e embalagens de melhor procedência com claims como “não GMO” (livre de transgênicos ou organismos geneticamente modificados) e certificações de bem-estar animal e origem local. 

Os tutores também buscam ingredientes mais simples e naturais, minimamente processados ou até mesmo crus. 

E, ultimamente, as marcas estão se tornando cada vez mais adaptadas em resposta à demanda de proteínas alternativas ou à base de plantas. 

Com isso, a nutrição pet abre espaço para um olhar holístico e proativo, gerando um interesse crescente em ingredientes botânicos e funcionalidades naturais.

SUSTENTABILIDADE

A conscientização e o interesse por lançamentos com claims éticos e ambientais também registram aumento, com os tutores tendo um olhar cuidadoso para a pegada de carbono de seus animais de estimação. 

MELHORIA DAS CONEXÕES EMOCIONAIS

Recentemente, um novo espaço foi incorporado pela mudança de comportamento com os animais. 

Os tutores buscam estímulos e conexões emocionais, produtos e experiências que atuem como uma espécie de ponte para a formação de vínculos com seus pets

Para atender a essa demanda, os fabricantes entendem que precisam criar produtos divertidos, coloridos e que instiguem a curiosidade do animal.

Em particular, a previsão é que as principais marcas de alimentos e bebidas continuem a explorar os meios de engajar os pets em categorias baseadas em indulgência ou petiscos. 

Nos Estados Unidos, por exemplo, a Ben & Jerry’s lançou uma nova linha de sorvetes exclusivamente para cães. Já existem cerveja e chocolate para os bichanos também. 

Confira alguns lançamentos do mercado pet food

Ração seca- Karma (Estados Unidos)
Alimento seco para cães com receita à base de plantas (60%). Embalagem sem resíduos. Este produto também é isento de organismos geneticamente modificados - ou seja, não GMO.
Petisco para cães - West Paw (Estados Unidos)
Petisco comercializado em sachê tipo ziplock (abre-fecha). O produto é recomendado para uso como petisco e suplemento on top para os alimentos secos. A empresa tem certificação B Corp e oferece uma receita vegana, feita com ingredientes frescos e de origem local.
Petisco para gatos Fancy Feast Purina
Produto para gatos que vem em uma embalagem 100% reciclável, contendo petiscos separáveis que se assemelham a uma barra de chocolate para seres humanos - o que cria momentos especiais de vínculo com o pet.
Sorvete para cachorro Ben&Jerrys
Linha de sobremesas congeladas para cães. As guloseimas vêm em dois sabores: abóbora com biscoitos e manteiga de amendoim com pretzels.
KGC GINIPEY THE HOLISTIC - Coreia do Sul
Alimento seco de ginseng vermelho coreano e cordeiro australiano para cães, com 290 testes de segurança e um claim para o sistema imunológico.
Aardvark - Reino Unido
Petiscos secos e hipoalergênicos para cães e gatos à base de insetos.

Nota-se que a humanização dos animais domésticos faz com que seus tutores busquem proporcionar uma melhor qualidade de vida.

Assim, há um aumento na procura por produtos alimentares que prezam pela qualidade nutricional e também pelos movimentos observados, como a premiunização, estilo de vida saudável; rótulos limpos e naturais, sustentabilidade e melhoria das conexões emocionais.

Todas essas tendências têm um forte apelo de crescimento e um campo fértil para inovação. É uma excelente oportunidade para quem quer se destacar no segmento da nutrição animal.

Gostou? Compartilhe este conteúdo!